Ester

O espetáculo conta a história de Hadassa, a bela virgem de Susã, arrancada do meio do seu povo, para se tornar uma rainha. A partir de então, seu nome passa a ser Ester, que significa: esqueça o seu nome, mas nunca se esqueça de que é judia. Com tal força, a rainha Ester mostra bravura ao enfrentar o ódio de Hamã, ministro do rei, que guarda profunda inimizade contra os judeus. À jovem judia, será dada a missão de ir até o rei e mostrar toda a sua coragem, neste espetáculo que promete arrancar os mais profundos sentimentos do seu público.

Concepção musical

O elenco de Ester canta “São Meus Irmãos” na Rádio Stilo (2017)

O espetáculo conta com 13 (treze) canções, todas autorais. Josinaldo Filho assina a letra e a melodia. A diretora musical Jessica Sifuentes assina as harmonias, arranjos e auxílio em algumas melodias. As músicas são executadas por seis músicos e oito instrumentos. Segundo o diretor geral Elber Marques, as composições ficaram ricas e chamam a atenção no espetáculo. Conduzem o público à antiga Persa e convidam à oração. Josinaldo Filho, o autor, estudou as passagens bíblicas, o livro dos Salmos e o dicionário hebraico para o processo de criação.

Ensaio, Ester (2018)